FINALIDADE DO BLOG

Humanistas é um espaço para os professores de Humanas e educandos, foi idealizado pela da Escola Raimundo Honório-PE, com o objetivo de interagir, compartilhar leituras, ideias e insights, promovendo a educação para além das paredes escolares.

quarta-feira, 16 de julho de 2014

POEMA FILOSÓFICO “ÉTICA , CULTURA , CONSUMO E MERCADORIA”



Os quatro temas estão dentro da globalização que ocorre hoje em dia,
A ética segue os atos pessoais sobre a supervisão da consciência,
os valores aprendidos colocados em prática com competência,
A cultura demonstra toda a riqueza de uma sociedade,
seja ela musical, social, histórica ou na tradicionalidade
O Consumo é o ato de comprar, consumar e consumir
A Mercadoria vai pra casa de quem a pode adquirir
O Fim justificam os meios? A Globalização tem os dois lados
O Bom e o Ruim, na sequência serão apresentados
Você compra o que não quer pra impressionar quem não gosta,
uma frase do Will Smith que nos deixa sem resposta
para mim as coisas mais valiosas ainda não tem preço,
paz amor liberdade felicidade e apreço
O Homo sapiens não ultrapassou o primata
não percebeu que só tem paz num mundo sem pensamento escravocrata
Escravos da rotina, escravo das multinacionais
Microsoft, Coca-Cola, Lacoste e Petrobras
Não é pra curar os doentes o avanço da tecnologia,
é pro internauta trocar as foto de pedofilia
O Celular, com botão ou touch-screen
sendo Claro, Oi, Vivo ou da Tim
Einstein já dizia, a tecnologia vai substituir as relações
Um celular hoje em dia vale mais que suas ações
o Conforto existe pra alimentar sua preguiça
diminuir sua vontade e aumentar sua cobiça
O Relógio determina todos os seus horários,
pra comer, pra dormir e também para o trabalho
Ná rádio, só toca música educativa,
que manipula o ouvinte e degrine o artista
De dentro da escola eles cortam as nossas asas
A televisão nos manipula de dentro das nossas casas,
BBB, Novela, Faustão e o TV Fama
Colocam nossa programação em uma poça de lama
O conceito de artista de TV brasileira,
Faria o Van Gogh cortar mais do que uma orelha
O Famoso faz campanha contra o desarmamento,
Grava a propaganda com o bolso em enchimento
A fábrica de armas tá a mil na produção
Contrabandeando pro São Paulo,Rio e Afeganistão
Em debate diário a da tal menoridade penal,
esquecem que o menos culpado é o autor do tiro fatal
Acha que com menor cumprindo como adulto
não vai te na CNN rico do Brasil de luto
O que rouba, pra alimentar sua família,
Tá na cadeia,sem uma data pra saída.
O que rouba verba pra caridade,
Tem bom advogado e responde em liberdade
A humanidade imita Hitler em escala mundial,
destruição a longo prazo, assim ao natural
Racismo e preconceito no nosso dia-a-dia
já viraram naturais assim como a homofobia
Milhares de dólares gastos com enriquecimento de plutônio
nossas indústrias destroem a camada de ozônio,
o protestante é morto em confronto com a polícia
o álcool deixa deserta as nossas rodovias
O Ser humano vem de fábrica com defeito,
com um coração congelado dentro do peito
As drogas e o dinheiro destruíram nossa nação
nossa mente está morta junto com o coração.
Tudo que citei acontece todo dia
Esse poema foi feito pra aula de filosofia,
Ambos os lados eu apresentei de uma vez,
agora eu quero ver a opinião de vocês.


Bruno Faccin Preischardt




Este poema nos deixa uma reflexão critica profunda filosoficamente falando. Qual a mensagem que deixou pra você leitor?

Participe, deixe comentário!

 Organização da postagem: Profª Lourdes Duarte 


2 comentários:

  1. Adorei o blog de filosofia da minha escola. já estou seguindo.

    ResponderExcluir
  2. muito bom esse blog, que a escola fez para todos os alunos e professores..

    ResponderExcluir

DEIXE COMENTÁRIO, É IMPORTANTE SUA PARTICIPAÇÃO.OBRIGADA, VOLTE SEMPRE.